Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa jeremias samuel

Guias de leitura & cola rápida: 1ª aula, Bíblia Hebraica

Já é amanhã a primeira aula, Bíblia Hebraica, do curso Introdução à Grande Conversa: Um Passeio pela História do Ocidente através da Literatura.

As leituras principais são os livros bíblicos:

Gênese
Samuel

Eclesiastes
Jeremias

Para quem não teve tempo de ler tudo, ou quiser só dar uma relida nos partes principais, eis aqui os trechos mais importantes que vou abordar na aula de quinta feira, 2 de julho:

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Interpelar a Deus: Abraão, Jó, Esdras, Jonas

Alguns dos momentos mais belos, mais humanos, mais surpreendentes da Bíblia são quando humanos tem a temeridade de interpelar a Deus, de questionar sua justiça, de barganhar com ele pelas vidas e pelas almas de seus irmãos.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Deus, o Personagem

Talvez a faceta mais importante de Deus, personagem do Gênese, é o quanto que ele não nos parece em nada moralmente ou espiritualmente superior aos personagens.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica 2ª aula: Gregos gênese grande conversa

Auerbach sobre a Bíblia e Homero: como representar a realidade

Durante a Segunda Guerra Mundial, preso em uma cadeia turca, o alemão Erich Auerbach escreveu uma das mais importantes obras de crítica literária do século: Mimesis: a representação da realidade na literatura ocidental. Em seu primeiro capítulo, “A cicatriz de Ulisses”, Auerbach contrasta os diferentes estilos literários da Odisséia e do Gênese, uma comparação que vai manter e desenvolver ao longo da obra, estudando a literatura ocidental até o século XX.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

O Livro do Gênese: notas de leitura

Para a primeira aula, Antigo Testamento, do meu curso Introdução à Grande Conversa: um passeio pela história do ocidente através da literatura, estamos lendo o Livro do Gênese. Já escrevi sobre os autores do Gênese, seu contexto histórico, etc: leia todos os textos sobre o Gênese. Abaixo, algumas notas esparsas sobre diversos episódios.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Gênese, o livro das origens

Uma chave de leitura frutífera para o Gênese é considerá-lo um livro etiológico, ou seja, cujo objetivo é explicar o mundo como ele é “hoje” — no hoje de quando foi escrito, naturalmente.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Fecundidade e primogenitura no Gênese

O Gênese é quase darwinista em sua ênfase na fecundidade: claramente, a maior vitória possível é deixar o máximo de descendentes, povoar o mundo, encher a terra. Abaixo, algumas notas de leitura.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Contradições e repetições no Gênese

A Hipótese Documental (que apresento aqui) explica o fato de algumas histórias do Gênese, e de todo o Pentateuco, serem contadas duas vezes: Noé, em sua Arca, leva dois (6,9) ou sete (7,2) de cada animal? O poço de Bersebá é batizado por Abraão (21, 31) ou por Isaac (26, 33)? José é vendido aos ismaelitas ou medianitas? etc (Gabel, 88-89) Naturalmente, mesmo antes da Hipótese Documental ser elaborada, essas duplicações não escaparam à atenção dos leitores do Gênese ao longo dos séculos.

Os dois relatos da Criação, por exemplo, não podem ambos verdade, pois se contradizem. Como explicar essa contradição?

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa jeremias samuel

Breve resumo de história israelita

O Livro do Gênese é, em grande parte, mitológico mas algumas de nossas leituras seguintes, como Samuel e Jeremias, já estão associadas a alguns fatos reais da história israelita. Abaixo, o contexto histórico de algumas das leituras da primeira aula, Antigo Testamento, do curso Introdução à Grande Conversa: um passeio pela história do ocidente através da literatura.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

Quem escreveu o Gênese?

O livro do Gênese, o primeiro livro da Bíblia, foi escrito por pândegos e editado por derrotados. Por isso, é tão bom.

Categorias
1ª aula: Bíblia Hebraica gênese grande conversa

E Deus criou o carnismo

No sexto dia, Deus criou o homem e a mulher e lhes deu como alimento as plantas:

Deus criou o homem à sua imagem, à imagem de Deus ele o criou, homem e mulher ele os criou. Deus os abençoou e lhes disse: “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a; dominai sobre os peixes do mar, as aves do céu e todos os animais que rastejam sobre a terra.” Deus disse: “Eu vos dou todas as ervas que dão semente, que estão sobre toda a superfície da terra, e todas as árvores que dão frutos que dão semente: isso será vosso alimento. A todas as feras, a todas as aves do céu, a tudo o que rasteja sobre a terra e que é animado de vida, eu dou como alimento toda a verdura das plantas” e assim se fez. (Gen 1, 27-30)

Ou seja, ninguém morria para que outro ser precisasse se alimentar.

Quando Adão e Eva comem o fruto proibido e percebem que estão nus, Deus lhes faz roupas de pele:

“Iahweh Deus fez para o homem e sua mulher túnicas de pele, e os vestiu.” (Gen 3, 21)

Na tradição, esse gesto é visto como um carinho de Deus para com os caídos, mas uma coisa importante não é dita: pele de quem?

Algum ser vivo acabou de morrer para vestir Adão e Eva. Por tudo o que se sabe, foi a primeira de todas as mortes. A primeira morte da Criação.