Categorias
aula 01: indianistas & inconfidentes grande conversa brasileira

Indianistas & inconfidentes

A 1ª aula do curso A Grande Conversa Brasileira será sobre indianistas & inconfidentes e conversaremos sobre José de Alencar, Gonçalves Dias e Cecília Meireles.

Em abril, começa o meu novo curso A Grande Conversa Brasileira, a ideia de Brasil na literatura. Nossa primeira aula, no dia 1º de abril, às 19h, será sobre indianistas & inconfidentes e vamos conversar sobre José de Alencar, Gonçalves Dias e Cecília Meireles.

Na primeira aula, começamos do começo: com os povos originários que habitavam essa terra que viria a se chamar Brasil e com os primeiros portugueses que projetaram sobre o Novo Mundo sua visão edênica de um paraíso terrestre.

O Guarani (1857), de José de Alencar, é um thriller de capa-e-espada muito mais empolgante do que nos venderam na escola. Além disso, é um livro que está no centro do nosso processo de formação nacional: esse romance de uma branca pura e idealizada com um índio embranquecido e cavalheiresco, onde o negro não tem lugar, é a cristalização da narrativa que a elite do Segundo Reinado fazia da nação que estava inventando.

Em poesia, leremos os Cantos indianistas de Gonçalves Dias (publicados entre 1846 e 1851), certamente nosso maior poeta do XIX. Por mais que o indianismo hoje nos pareça conservador e idealizado, em sua época ele foi revolucionário: além de ajudar a criar nossa identidade nacional literária, ele mudou o foco da nossa literatura nascente, da Europa para os povos originários. E essa proeza, realizada com verve e talento, foi em grande parte mérito da poesia musical de Gonçalves Dias.

Tanto quanto Alencar e Gonçalves Dias idealizam o indígena, Cecília Meirelles também idealiza os inconfidentes. Com admirável poder de aglutinação e belíssima sonoridade, o Romanceiro da Inconfidência (1953), quase um resumo da Grande Conversa Brasileira, amarra diversos temas de diversas épocas de nossa história: partindo dos sons e dos ritmos dos romanceiros medievais, que são nossa mais profunda herança literária portuguesa, Meireles recria a epopéia de nossos inconfidentes, homens iluministas do século XVIII, a partir das preocupações políticas e prioridades estéticas dos séculos XIX e XX, ou seja, o projeto republicano de construir novos heróis nacionais não-vinculados à monarquia.

Mas, afinal, o que é um herói nacional? O que é um símbolo nacional? Por fim, o que é o Brasil?

Obras principais

O Guarani, de José de Alencar (Ateliê, 528pp)

Romanceiro da Inconfidência, de Cecília Meirelles (LPM, 224pp)

Cantos, de Gonçalves Dias (Martins Fontes, 489pp), ou Melhores Poemas (Global, 176pp), ou Poesia Indianista (Martins Fontes, 150pp)

História

Brasil: Uma Biografia, de Lilia Schwarcz e Heloisa Starling: Introdução, caps. 1, 4, 5 (Cia das Letras, 808pp)

História do Brasil colônia, de Laima Mesgravis (Contexto, 176pp)

Apoio

Elixir do Pajé, de Bernardo Guimarães (Hedra, 170pp)

Cartas chilenas, de Tomás Antônio Gonzaga (Cia das Letras, 184pp)

Marília de Dirceu, de Tomás Antônio Gonzaga (L&PM, 184pp)

A Ficção da Realidade: Sociologia de “O Guarani”, de Rodrigo Estramanho de Almeida (Alameda, 345pp)

Ao vencedor as batatas, de Roberto Schwarz (34, 240pp)

Ficções de Fundação: os Romances Nacionais da América Latina, de Doris Sommer (UFMG, 488pp)

Visão do Paraíso, de Sergio Buarque de Hollanda (Cia das Letras, 600pp)

1499 : O Brasil antes de Cabral, de Reinaldo José Lopes (HarperCollins, 248pp)

Temas

Brasil Colônia, Império. Povos originários pré-cabralinos; visão edênica do Brasil; indianismo e formação da identidade nacional; Inconfidência Mineira.

* * *

Mentiras Reunidas, meu novo livro, em pré-venda

Já começou a pré-venda do meu novo livro Mentiras reunidas, em versão capa dura, com bookbag, dedicatórias apócrifas e marcadores, e mais cinco contos exclusivos. Clique aqui para saber mais.

Mentiras Reunidas, capa aberta.
Mentiras Reunidas, capa aberta. Clique para ver em tamanho maior.

* * *

Esse texto faz parte dos guias de leitura para a primeira aula, Indianistas & inconfidentes, do meu curso A Grande Conversa, a ideia de Brasil na literatura. Esses guias são escritos especialmente para as pessoas alunas, para responder suas dúvidas e ajudar em suas leituras. Entretanto, como acredito que o conhecimento deve ser sempre aberto e que esses textos podem ajudar outras pessoas, também faço questão de também publicá-los aqui no site. Todos os guias de leitura das aulas estão aqui. O curso começa no dia 1º de abril de 2021 — quem se inscrever depois dessa data terá acesso aos vídeos das aulas anteriores.

* * *

Indianistas & Inconfidentes é um texto no site do Alex Castro, publicado no dia 16 de março de 2021, disponível na URL: alexcastro.com.br/indianistas-inconfidentes // Sempre quero saber a opinião de vocês: para falar comigo, deixe um comentário, me escreva ou responda esse email. Se gostou, repasse para as pessoas amigas ou me siga nas redes sociais: Newsletter, Instagram, Facebook, Twitter, Goodreads. // Todos os links de livros levam para Amazon Brasil. Clicando aqui e comprando lá, você apoia meu trabalho e me ajuda a escrever futuros textos. // Tudo o que produzo é sempre graças à generosidade das pessoas mecenas. Se gostou, considere contribuir: alexcastro.com.br/mecenato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.