é arte

quando realizei um encontro “as prisões” em belém, fui entrevistado pela versão local do “sem censura”, programa ao vivo.

sem_censu_quarta_1

no final do programa, enquanto estávamos no último intervalo, a produtora fez uma cara estranha para a apresentadora, que devolveu a cara estranha pra mim, e claramente alguma coisa tinha acontecido.

“tudo bem?”, perguntei.

“hã, sim, é que… bem, chegou uma última pergunta de telespectador, mas é assim bem provocadora, de um cara que sempre liga fazendo provocação, mas, sei lá, melhor nem fazer.”

“pergunta sim. pode perguntar.”

“hmm, ok”, respondeu ela, meio hesitante.

(mas não me disse a pergunta.)

quando o programa voltou ao ar, a apresentadora avisou que já estávamos quase tempo mas que tínhamos uma última questão, “de um de nossos mais fieis telespectadores, que vocês talvez conheçam pelas suas perguntas incisivas, etc”.

e veio a provocação:

“você disse que esse seu encontro não utiliza nenhuma filosofia, nenhum método, que não tem nenhuma base, etc. então, quer dizer que é tudo achismo da sua cabeça? é isso?”

a câmera lentamente girou em minha direção.

esperei alguns segundos, respondi um singelo

“sim.”

e fiquei lá, placidamente calado, encarando a câmera por longos, longuíssimos segundos de silêncio.

finalmente, a apresentadora puxou a câmera pra si e rapidamente encerrou o programa.

* * *

quando sabem do encontro “as prisões”, muitas pessoas fazem uma variação da seguinte pergunta:

“é baseado em algum método/autor? tem embasamento teórico? etc”

dá pra aprender tudo sobre uma pessoa pela reação dela à minha resposta:

“não. nenhum. inventei. é arte.”

* * *

se meus textos adicionaram valor à sua vida…

e se nao for fazer falta no leite das crianças…

te peço para considerar a possibilidade de uma contribuição proporcional ao valor que os textos têm para vc.

assim, você estará me dando a possibilidade de criar novos textos, produzir novos argumentos, inventar novas ideias.

alexcastro.com.br/mecenato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.