Como consolar alguém de luto

De repente, sem aviso, Jó perde tudo: seus rebanhos, seus empregados, seus filhos, suas casas.

Estupefato, com feridas terríveis da sola dos pés até o alto da cabeça, sem saber o que fazer, sentado nas cinzas da sua casa, ele se coça com um caco de telha, em uma das imagens mais patéticas e tristes da Bíblia.

Então, é visitado por três amigos.

Para compartilhar sua dor e consolá-lo, os amigos sentam-se nas cinzas ao seu lado e passam ali sete dias e sete noites, sem dizer uma palavra sequer.

Uma palavra sequer.

quadro "jó e seus amigos", de ilya yefimovich repin, 1869.

quadro “jó e seus amigos”, de ilya yefimovich repin, 1869.

* * *

Quase sempre, não sabemos como consolar um ente querido em dor profunda. Gosto do exemplo dos amigos de Jó: ir até a pessoa fisicamente, compartilhar sua dor, não falar nada.

* * *

Quem conhece o Livro de Jó sabe que os amigos, infelizmente, logo começam a encher o saco, mas merecem crédito por terem conseguido passar sete dias calados:

“E Satanás … feriu Jó com chagas malignas desde a planta dos pés até o cume da cabeça.

Então Jó apanhou um caco de cerâmica para se coçar e sentou-se no meio da cinza. …

Três amigos de Jó … ao inteirar-se da desgraça que havia sofrido, partiram de sua terra e reuniram-se para ir compartilhar sua dor e consolá-lo.

Quando levantaram os olhos, a certa distância, não o reconheceram mais.

Levantando a voz, romperam em prantos; rasgaram seus mantos e, a seguir, espalharam pó sobre a cabeça.

Sentaram-se no chão ao lado dele, sete dias e sete noites, sem dizer-lhe uma palavra, vendo como era atroz seu sofrimento.”

(Jó, capítulo 2, Bíblia de Jerusalém)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

What's this?

You are currently reading Como consolar alguém de luto at alex castro.

meta