listinhas literárias

pessoas autoras vivas favoritas:

alexievich, houellebecq, lobo antunes.

autoras mulheres favoritas:

alexievich, brontë, chopin, morrison, murdoch, woolf, la fayette, weil, lispector.

livros preferidos de todos os tempos:

bíblia, declínio e queda do império romano, peregrinação, ilíada, manuscrito encontrado em saragoça, os miseráveis, guia do estilo de vida do bodhisatva.

melhores romances escritos nas américas no século XIX:

cecilia valdés, dom casmurro, moby dick.

livros para entender o brasil:

casa grande & senzala, quarto de despejo, os sertões.

pessoas autoras russas fundamentais que não são nem tolstoi, nem dostoievski, nem tchecov:

turgeniev, gorki, gogol.

melhores romances brasileiros:

dom casmurro, grande sertão: veredas, hora da estrela, água viva.

melhor romanção romântico do séc.XIX:

os miseráveis, de hugo.

melhor romanção realista do séc.XIX:

fortunata y jacinta, de galdós.

romanções que ainda pretendo ler ou terminar de ler:

ulisses, montanha mágica, homem sem qualidades, em busca do tempo perdido, garganta e pantagruel, tristam shandy, eneida, odisséia, guerra e paz, ana karenina, divina comédia.

melhor best-seller internacional brasileiro que as pessoas brasileiras insistem em ignorar:

quarto de despejo, jesus.

melhores pessoas historiadoras:

fraginals, freyre, gibbon, thompson.

três pessoas poetas essenciais:

whitman, whitman, whitman.

melhores romances apesar do final frouxo:

lord jim, morro dos ventos uivantes, crônica da casa assassinada.

melhores obras inacabadas:

o castelo, o processo, o romance da pedra do reino, eneida, o cemitério dos vivos.

 

melhor pessoa autora em língua portuguesa, todos os tempos:

lispector.

melhor grupo para ir tomar uns gorós em viena:

freud, schnitzler, zweig.

melhor romance pós-moderno escrito antes da pós-modernidade:

manuscrito encontrado em saragoça, de potocki.

melhor morte da literatura:

capitu, em dom casmurro.

melhores livros da bíblia:

gênesis, samuel/reis, eclesiastes, jó, apocalipse de esdras.

melhores autores hermanos:

borges, josé hernández, sábato, saer.

melhores personagens de séries de literatura de entretenimento:

capitão alatriste, nero wolfe, arsene lupin, fletch.

melhores autores claramente podólatras:

josé de alencar, kafka, dostoievski, antonio torres, edmund wilson.

melhores obras nas quais rigorosamente nada acontece:

o jardim das cerejeiras, princesa de cleves, paixão segundo g. h.

melhores mulheres malvadas da literatura:

ayesha (ela, de haggard), cathy (a leste do éden, de steinbeck), milady (três mosqueteiros, de dumas), jadis, a feiticeira branca (leão, feiticeira, guarda-roupa, lewis), marquesa de merteuil (relações perigosas, laclos), xenia (noiva ladra, atwood).

melhor livro de não-ficção no qual não se pode confiar em nada:

peregrinação, de mendes pinto.

melhor final de romance:

as últimas sessenta páginas de moby dick.

melhor romance chato:

moby dick.

melhor livro sobre pessoas pobres escrito por burguesinho rico:

memórias de um caçador, de turgueniev.

meu irmão de coração:

agostinho de hipona.

livro que eu tenho mais vergonha de gostar:

a nascente, de rand.

minha deusa-guia mor:

weil.

(lista atualizada em 8jan17.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.