hora marcada

copacabana. consultório de clínica ortopédica. lotado. quase todos velhinhos.

uma senhora estrangeira, forte sotaque, começa a dar escândalo com a recepcionista. grita que é um absurdo. que já está esperando há mais de uma hora. que se não for atendida em dez minutos vai embora!

com toda a educação e paciência do mundo, a recepcionista aponta que a senhora tinha chegado sem hora marcada e que precisava esperar pela possibilidade de um encaixe.

então, a senhora se volta para a sala de espera e diz:

e você quer me convencer que essa gente toda tinha hora marcada? hein? hein?

* * *

leia meu texto gentileza em copacabana.

§ uma resposta para hora marcada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.