Histórias da FLIP

Pessoa Escritora vê de longe uma Pessoa Editora Toda-Poderosa que sempre bajulou, sem nenhuma vergonha e também sem nenhum sucesso.

Não querendo insistir no erro e continuar incomodando a outra com sua pequenez (ela deve estar ocupadíssima, fechando mil contratos milionários!), a Pessoa Escritora apenas acena lá do outro lado da praça e não se aproxima.

Entretanto, a Pessoa Editora Toda-Poderosa acabara de ser demitida em um passaralho e era agora uma Ex-Pessoa Editora Toda-Poderosa.

Cheia de si como toda boa Pessoa Editora Toda-Poderosa (mesmo as Ex!) e achando que todo mundo sabia da sua demissão (como não saberiam de um evento tão cataclísmico?!), ela retruca para a amiga ao seu lado:

“Olha lá aquela Pessoa Escritora. Quando eu era Altas Bosta na Editora Grandes Merda, ela vinha falar comigo cheia de amor pra dar. Agora, mal perdi o emprego e só mereço um tchauzinho de longe. Oh, How The Mighty Have Fallen!”

* * *

Escrever e editar é fácil. A interação social é que nos mata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.