“e se todo mundo fizesse como eu?”

às vezes, em resposta a algum dos meus textos, ouço a seguinte objeção:

“e se todo mundo fizesse como você, hein? nisso você não pensa, né?”

* * *

ao projetar um prédio, um engenheiro não considera a possibilidade de um choque com um meteoro… por ela ser extremamente remota.

e, ainda assim, a possibilidade de um meteoro cair em qualquer prédio é infinitamente (repito, infinitamente) maior do que a possibilidade de todas as pessoas fazerem como eu.

porque, enquanto existe alguma possibilidade de um meteoro cair em um prédio (meteoros vivem caindo na terra), a possibilidade de subitamente todas as pessoas no planeta “fazerem como eu” é um retumbante zero.

então, não. nisso, eu não penso.

§ uma resposta para “e se todo mundo fizesse como eu?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

What's this?

You are currently reading “e se todo mundo fizesse como eu?” at alex castro.

meta