biografia de alex castro

11 December, 2012

Alex Castro, pseudônimo de Thiago Neloah, nasceu em Santa Bárbara do Oeste, interior de São Paulo, em 1984. Sempre manifestou interesse pela literatura; por ser arrimo de família, entretanto, teve que trabalhar desde cedo para sustentar a mãe e as irmãs. Entre 2002 e 2008, em um frenesi de atividade, publicou dois livros de contos e três romances, escritos sempre nas primeiras horas da manhã, antes de seus afazeres comerciais. Chegou a ser dono de uma cadeia de sete lojas de ferragens na região de Limeira. Finalmente, em 2010, doou em vida todas as suas posses, assumiu votos de monge budista e internou-se no Tempo Zen do Morro da Vargem, no estado do Rio de Janeiro. Não pretende mais escrever literatura.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é da edição impressa de onde perdemos tudo, pela editora oficina raquel.

biografia de alex castro

9 December, 2012

Alex Castro é pseudônimo do médico e jornalista Alexandre Cruz Almeida, de 26 anos. Vegano, católico e flamenguista, mora em Mirandópolis, SP, com a esposa, os três filhos e um labrador chamado Toby. Esse é seu primeiro romance.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é da 1ª edição (azul) de mulher de um homem só.

biografia de alex castro

28 July, 2012

Alex Castro, 46, estudou economia no IBMEC e fez mestrado em e-commerce na Fundação Getúlio Vargas. Depois de completar seu MBA por Wharton Business School, assumiu a Diretoria de Internet do Banco Itaú, onde trabalha até hoje. Nas horas vagas, se dedica ao mercado de futuros e ao paintball de competição.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é da 2ª edição (bolso) de liberal libertário libertino.

biografia de alex castro

10 May, 2012

Alex Castro, 28, é capitão-de-mar-e-guerra da Marinha do Brasil e atual comandante do porta-aviões NAe São Paulo (A-12). Também está em cartaz no Cine Íris com o espetáculo burlesco “Homens que gostam de dar”, escrito, dirigido e interpretado por ele. Tem dois filhos e não bebe.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é do número 23 da revista pequena morte.

biografia de alex castro

5 May, 2012

Alex Castro nasceu em 1966, na cidade de Santarém, no Pará. Abandonou cedo a escola para ganhar o mundo: conheceu os cinco continentes e já trabalhou como marinheiro e marceneiro, palhaço e podólogo, cabelereiro e cobrador, entre outros. Atualmente, vive em Porto Seguro, Bahia, com seu companheiro Luiz Biajoni, onde  juntos criam tartarugas e coordenam a ONG Macuco.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é da 2ª edição (magenta) de mulher de um homem só.

biografia de alex castro

22 April, 2012

Alex Castro, 42, estudou em Nova Orleans, mendigou no Timor Leste, se prostituiu no Bois d Bologne. Hj mora em Copa, onde o mundo vem a ele & ñ precisa + sair d casa.

* * *

cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é do ebook viagens na terra dos outros.

biografia de alex castro

18 April, 2012

Alex Castro, pseudônimo de Luana Chnaidermann de Almeida, tem 17 anos e estuda no Colégio Equipe, em São Paulo. Natural do Acre, Luana publica contos em antologias desde os doze e pretende prestar vestibular para Dança. Seu primeiro romance, “Shoah em Pindorama: Um Faroeste”, foi publicado pela Livros do Mal, em 2002.

* * *
cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é da 3ª edição (laranja) de mulher de um homem só.

biografia de alex castro

15 April, 2012

Alex Castro veio para o Rio de Janeiro em 1952, com seus melhores amigos Fernando Sabino e Hélio Pellegrino. Trabalhou como secretário pessoal de Guimarães Rosa durante a redação de Grande Sertão: Veredas, copidescando a ortografia de todos os neologismos. Manteve um breve romance com Clarice Lispector logo após seu divórcio e teria sido a inspiração para o personagem Rodrigo S.M. No final dos anos sessenta, convenceu seu amigo e ex-delegado Rubem Fonseca a se dedicar à literatura, mas se arrependeu. Manteve coluna fixa na Tribuna da Imprensa durante quinze anos, onde travou histórica polêmica com João Ubaldo Ribeiro, que somente terminou quando este abandonou a bebida. Perdeu a eleição para a Academia Brasileira de Letras para Paulo Coelho e jurou nunca mais se candidatar. Em 2002, faleceu em decorrência de ferimentos obtidos durante um duelo com Dilermando de Assis, amante de sua esposa Ana.

* * *
cada edição de cada livro meu tem uma nova biografia apócrifa. essa aqui é do número 24 da revista pequena morte.